COMO CRIAR UMA STARTUP? 10 dicas para criar uma startup de sucesso

Durante a Campus Party de 2016, Felipe Matos, Fundador da Startup Farm, destacou os principais pontos que os empreendedores devem levar em consideração de como criar uma startup de sucesso.

Felipe é empreendedor serial desde os 16 anos de idade, já atuou em diversos papéis do ecossistema empreendedor brasileiro, como fundador de empresas, acelerador, investidor anjo, gestor de fundo de investimentos, educador e gestor de políticas públicas.

Neste artigo você conhecerá 10 dicas de Felipe Matos de como criar uma startup:

  1. Ideia
  2. Valide o projeto no mercado
  3. Forme um time complementar
  4. Tenha um acordo de sócios
  5. Teste até encontrar um modelo de negócio que funcione
  6. Conheça suas métricas
  7. Seja ágil na execução e busque apoio
  8. Tenha um plano pró-ativo para captação de recursos
  9. Construa uma cultura e valorize seu time
  10. Pense grande

COMO CRIAR UMA STARTUP – Dica Nº1: Ideia

Na fase da ideia, conecte-se! Fale sobre sua ideia com o máximo de pessoas que conseguir e procure extrair o máximo dos feedbacks.  Nessa fase, as ideias valem muito pouco, esqueça o medo de roubarem sua ideia, o que vale é a capacidade de execução e você ganhará muito com a troca nesse momento.

Também é importante participar de eventos, pois nesses locais você irá encontrar muitas pessoas que podem te ajudar. Felipe destaca alguns eventos como Startup Weekend, Startup Farm Day, Circuito Startup e BRNewtech.

Um exemplo de como participar de eventos é importante é a startup OneCloud, que surgiu a partir do Startup Weekend, onde os sócios se conheceram e tiveram contato com diversos investidores.

COMO CRIAR UMA STARTUP – Dica Nº2: Valide o projeto no mercado

Alguns empreendedores tendem a achar que tiveram a melhor ideia do mundo, mas é preciso validar sua ideia e suas premissas com o mundo real. Saia do prédio!  Fale com seus clientes e entenda suas necessidades e desejos. Não se apaixone pelo produto e sim pelo problema.

“É preciso validar a sua ideia e entender se ela é realmente perfeita. Ela resolve realmente o problema do cliente? As pessoas estão dispostas a pagar pelo seu produto/serviço?”, destaca Felipe.

COMO CRIAR UMA STARTUP – Dica Nº3: Forme um time complementar

Ninguém faz nada sozinho, por isso é importante você montar um equipe complementar. De forma geral, uma boa startup deve ter pelo menos 4 competências; Tecnologia, Operação, Vendas e Gestão.

Para formar um bom time, utilize sua rede de contatos. Participe de eventos e busque formar uma equipe afinada. Admiração pessoal mútua e entrosamento são fundamentais.

“Startup nada mais é do que relações humanas. Precisa estar o tempo todo alinhado, isso que fará dar certo, qualquer investidor dirá que a equipe é o ponto fundamental da startups”, completa Felipe.

COMO CRIAR UMA STARTUP – Dica Nº4: Tenha um acordo de sócios

O que acontece se um sócio resolver sair? O que acontece se um sócio não entregar aquilo que lhe é esperado? O que acontece se um sócio quiser vender parte de suas ações aos demais?  Uma das principais causas de falhas em startups está no desentendimento entre sócios. 

Não dá para evitar que isso aconteça, mas existem soluções que podem amenizar esses problemas. Uma delas é o contrato entre sócios, que pode fazer parte ou não do contrato social registrado na junta comercial.

Uma dica de Felipe Matos é investir no Vesting, com ele, as ações vão sendo desbloqueadas aos sócios ao longo do tempo. Se um sócio sair antes do período pré-determinado, terá direito apenas a parte das ações desbloqueadas durante esse período.

COMO CRIAR UMA STARTUP – Dica Nº5: Teste até encontrar um modelo de negócio que funcione

Um dos principais desafios de uma startup em fase inicial é encontrar o modelo correto de negócio, que seja bem aceito pelo mercado e que repetível, seja escalável, possa crescer rapidamente.

Chega-se a um bom modelo com a realização exaustiva de testes, cada um deles, buscando validar hipóteses sobre quais seriam os melhores elementos de cada parte do modelo de negócio.

Felipe trouxe ainda uma citação de Talis Gomes, Fundador da Easy Taxi, que passou pelo processo de aceleração da Startup Farm, onde confirma que validar é extremamente importante.

“Durante o processo de aceleração nós invalidamos algumas premissas do nosso modelo com cooperativas de táxi e pivotamos o negócio até chegar no formato atual para os taxistas.

Mesmo depois desta etapa, continuamos testando vários modelos e refinando nossa oferta. É um processo que nunca termina”, comenta o empreendedor em depoimento.

COMO CRIAR UMA STARTUP – Dica Nº6: Conheça suas métricas

“Não se pode gerenciar aquilo que não se mede”. Cada tipo de negócio possui métricas mais relevantes para seu modelo. Compreenda as métricas mais importantes para seu negócio, as meça e utilize-as como bússola na medida em que ajusta e otimiza seu modelo.

Um alerta importante é que todo empreendedor precisa tomar cuidado com as métricas de vaidade, como: “Tenho 20 mil likes no facebook” ou “Meu app tem mais de X downloads”. O que esses dados representam?

Felipe traz também uma citação do Riq Lima, CEO da Worldpackers, onde afirma que sem ter metas claras e objetivas, a empresa fica perdida. “Se não acompanhar as métricas que realmente importam para bater as metas, o empreendedor fica perdido.

Na Worldpackers, somos viciados em métricas e todos da empresa acompanham online, em tempo real, os dados relevantes para o sucesso da empresa”.

COMO CRIAR UMA STARTUP – Dica Nº7: Seja ágil na execução e busque apoio

É importante você construir uma estratégia de “Go To Market” (ida ao mercado) que estabeleça os melhores canais, regiões e o passo-a-passo das ações, buscando maximizar seu crescimento. Algumas decisões como focar em um nicho específico ou região farão a diferença.

Seu plano de desenvolvimento do produto (ou roadmap) também será influenciado por esta estratégia.

Se você encontrou um modelo que está funcionando, é hora de colocar o pé no acelerador. Existem muitas instituições que podem te apoiar como incubadoras de empresas, aceleradoras e programas de capacitação específicos para startups, como o do Sebrae. Procure apoio especializado para acelerar seu processo de crescimento!

Esse é o momento mais indicado para a busca de capital para crescimento do negócio. “Não adianta bater na porta do investidor quando você tem apenas a ideia, é importante ter algo para mostrar como por exemplo, a validação do negócio”, comenta Felipe.

COMO CRIAR UMA STARTUP – Dica Nº8: Tenha um plano pró-ativo para captação de recursos

Ao buscar recursos, é importante ter em mente de forma clara, quais são as suas necessidades de capital e seus objetivos. Investidor não traz só dinheiro, mas conhecimento, contatos e apoio à gestão. É o chamado capital inteligente. Pense nisso!

Tão ou mais importante que o dinheiro, são os termos: Anti diluição, Preferência na liquidação, Put, Get, Valuation, Drag Along, Tag along, Non compete, Lock in, First right of refusal e stock options. Pesquise, olhe no google, faça cursos, é muito importante ir informado para uma reunião com o investidor.

Buscar auxílio com uma assessoria jurídica para ter certeza de que você está fazendo a coisa certa, também é importante.

Pense antes de ceder muita participação ao investidor, pois outras rodadas de investimento futuro poderão ser necessárias, diluindo os empreendedores.

Existem cursos e workshops sobre investimento em capital de risco que podem te auxiliar na decisão. Para operações de maior valor, é recomendável utilizar os serviços de um advisor, que auxiliará na negociação e processo de captação de recursos. Ser sócio de uma aceleradora ou investidor anjo experiente pode ajudar muito nessa hora.

Além de investimentos de capital de risco, é interessante contar também com recursos de fomento governamentais, como Startup Brasil, Seed, Edital Senai de inovação, PIPE Fapesp, dentre outros.

COMO CRIAR UMA STARTUP – Dica Nº9: Construa uma cultura e valorize seu time

Startups são fexíveis, ágeis e conseguem atrair talentos por darem autonomia e possuírem uma cultura única. Isso muitas vezes atrai profissionais não apenas por dinheiro, mas por um alinhamento de propósito e a construção de um sonho coletivo.

Ao crescer, tenha certeza de estar mantendo sua cultura, buscando valorizar os colaboradores e manter muitos dos pontos positivos de uma startup que podem se perder pelo caminho do crescimento.

“Valorize as pessoas, valorize seu time”, acrescenta Felipe.

COMO CRIAR UMA STARTUP – Dica Nº10: Pense grande!

Porque ficar só no Brasil? Por que atender apenas um nicho de mercado? Existem centenas de oporunidades.

*Fonte: https://startupi.com.br/2016/01/10-dicas-para-tirar-sua-ideia-do-papel-e-criar-uma-startup-de-sucesso

DICA DE OURO – INVISTA EM CONHECIMENTO

Se você acompanha o EmpreendedorLAB já sabe que sempre repetimos essa dica: INVISTA EM CONHECIMENTO

Ao analisar a história de grandes empreendedores, você verá que em algum momento de suas trajetórias o conhecimento foi fundamental para o sucesso de seus negócios.

Investir em conhecimento é apontado por especialistas em empreendedorismo como o melhor investimento para o seu negócio ter sucesso.

Conheça os cursos de empreendedorismo na página de cursos do EmpreendedorLAB.

cursos de empreendedorismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *